HomeBlogTodos usamos produtos do campo

Todos usamos produtos do campo Destaque

Por Renê Gardim

No processo de definição do culpado pelos problemas do meio ambiente, enfiamos nossa cabeça num buraco.

Ao decidir escrever sua história, o homem deu um passo fundamental para chegar ao século 21 no domínio do planeta e em busca de expandir sua influência pelo Cosmo. Mas esqueceu um detalhe importante: a explosão demográfica está obrigando a exploração cada vez maior dos limitados recursos oferecidos pelo nosso meio ambiente e a conta começa a ser cobrada. E o agronegócio vira alvo como sendo o grande vilão.

 

Na realidade, a agricultura e a pecuária estão na linha de frente do processo predatório do planeta e pagam pelo esforço de alimentar a crescente população mundial. E realmente têm culpa, mas não são os únicos. Até mesmo a FAO, Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, tem reiteradamente pedido para que os países ampliem os esforços para a produção de alimentos na busca incessante de reduzir a fome pelo mundo.

Os governos, independente do país, têm pavor em ouvir falar em falta de alimentos. O próprio Brasil tem feito esforços (não estou fazendo julgamento de valores políticas públicas) para vencer a pobreza, que traz em si a subnutrição e a fome.

Com certeza a agropecuária tem culpa no processo de degradação do planeta e nas suas consequências, que vêm se mostrando a cada ano com desastres e o surgimento de novas pragas e doenças. Mas está respaldada por todos que buscam seus produtos .

Afinal, o leite não é produzido em saquinhos, a carne não surge em bifes do nada, as frutas não nascem nas caixinhas e as roupas não floresceram nas prateleiras das lojas. Tudo exigiu muito trabalho no campo e muitas vezes em detrimento do meio ambiente.

Portanto, bradar contra o agronegócio serve apenas para jogar para debaixo do tapete a culpa que todos temos nesse processo. E se é para mudar, temos que começar por hábitos que aceleram esse processo de degradação pois exigem cada vez mais a oferta de produtos que vêm sim lá do campo.

 

Visto 3866 vezes Última modificação em Sexta, 20 Dezembro 2013 08:50

Deixe um comentário